Centro de Inovação em SST do Sesi recebe treinamento em tecnologia da construção

No último dia 17 de abril, a equipe do Centro de Inovação em Sistemas de Gestão em SST (Saúde e Segurança do Trabalho) do Sesi iniciou treinamento sobre a ferramenta BIM (Modelagem da Informação da Construção), oferecido pelo Senai Cimatec (Campus Integrado de Manufatura e Tecnologia), localizado em Salvador (BA). A capacitação segue até quinta-feira (19/04) em Campo Grande (MS) e durante esses três dias técnicos e gestores passarão por uma imersão na tecnologia que vem inovando o segmento da indústria da construção civil.

A convite do Centro de Inovação em Sistemas de Gestão em SST do Sesi, também participam colaboradores da Unidade de Engenharia do Sistema Fiems, da Escola Senai da Construção e consultores do Senai Empresa. Para a diretora de SST do Sesi, Adriana Rossignoli Sato, o treinamento vem no momento certo porque o Centro de Inovação em Sistemas de Gestão em SST do Sesi trabalha no desenvolvimento de uma solução específica na área por meio do BIM.

“A tecnologia BIM proporciona a elaboração de um ‘modelo compartilhado’ que possibilita a troca de informações e interações com os diversos profissionais envolvidos no projeto e em tempo real. Em síntese, pode-se dizer que esse é o grande diferencial da tecnologia: visualizar todo o projeto em suas diversas interfaces, variáveis, disciplinas de engenharia e arquitetura, muito antes da sua execução, inclusive no que diz respeito a segurança do trabalho. Com isso, a tomada de decisão para resolução dos problemas ocorre sem os retrabalhos que acontecem constantemente nas obras. Otimizamos assim custo e tempo, e mitigamos erros”, explicou Adriana Sato.

O gerente do Centro de Inovação em Sistemas de Gestão em SST do Sesi, Ricardo Egídio, afirma que a expertise do Cimatec embasará os próximos direcionamentos do projeto do BIM na área. “Estamos fazendo esta imersão no conteúdo para poder direcionar a forma de desenvolvimento do BIM em SST. Como esse projeto é o carro-chefe do Centro de Inovação em Sistemas de Gestão em SST do Sesi, temos buscado muito conteúdo sobre isso de modo a fortalecer a ideia e ser bem assertivo na nossa ferramenta”, comentou.

Para o gerente de SST do Sesi, Nilson Mazurchi, é fundamental a busca por conhecimento para poder desenvolver a nova ferramenta. “O BIM hoje é que o existe de mais moderno em termos de construção civil, e o Sesi está trazendo esta metodologia, que deverá estar bem alinhada com aquilo que o cliente espera”, pontuou.

O consultor BIM do Cimatec, Tarcísio de Oliveira, afirma que o treinamento consiste na apresentação de conceitos da tecnologia e apresentação de cases de sucesso na indústria da construção civil. “No Brasil já temos vários cases de implantação por grandes construtoras, como a Camargo Corrêa, e vários órgãos públicos que colocam editais com a exigência do BIM”, disse, completando que o BIM assegura aos projetos maior qualidade, mitigação de erros e sobre custos, planejamento e acompanhamento de projetos da construção em tempo real, além das possíveis análises e simulações quanto a eficiência energética da edificação.

Fonte: FIEMS

(Visited 87 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *